Mestres do Site

Guia Prático para criar uma campanha efetiva no Google Ads

Guia Prático para criar uma campanha efetiva no Google Ads

Com o Google Ads, é possível criar campanhas e estratégias de divulgação da sua marca no Google, em diversos formatos de anúncios. Quer saber mais? Então, saiba como criar uma campanha efetiva no Google Ads neste post!

A princípio, o Google Ads é uma das ferramentas de anúncios online mais usadas no mundo, sendo muito valiosa para estratégias de Marketing Digital. Em suma, a ferramenta conta com soluções completas para que as empresas consigam usar a sua criatividade em anúncios de diferentes formatos.

Atualmente, mais de 1 milhão de empresas que investem cerca de 8 milhões de dólares em Ads por ano! No entanto, como obter um retorno real nessa mídia paga, se destacando em relação à concorrência?

A resposta é simples: a qualidade da campanha.

Ou seja, como toda campanha de marketing, existem fatores importantes que devem ser bem trabalhados, sempre levando em conta o seu público e o seu objetivo principal.

Sendo assim, criamos este guia prático para que você possa aprender tudo o que você precisa para criar uma campanha efetiva de Google Ads e conseguir mensurar o seu retorno sobre o investimento feito. Confira!

O que é Google Ads?

Em síntese, o Google Ads é um sistema de links patrocinados, que funciona com PPC —  ‘Pagamento Por Clique’ — e tem feito muita diferença na publicidade de empresas de todos os portes.

Como funciona o Google Ads?

Os anúncios do Google podem ser exibidos de várias formas, pois é uma ferramenta múltipla: compreende rede de pesquisa, rede de display e vídeo. 

Um bom anúncio precisa atingir o público ideal, para gerar bons resultados. Sendo assim, o Google Ads pode ser um grande aliado aliado, afinal, a ferramenta permite que você direcione, segmente e também mensure os resultados das campanhas.

Além disso, com o Google Ads, você tem controle sobre o que foi investido, podendo configurar os investimentos por dia, mês, ou por toda a campanha.

A cobrança será feita quando o anúncio receber cliques, mil impressões ou, caso você tenha configurado o objetivo da sua campanha para conversão, quando começarem a acontecer tais conversões em seu site ou e-commerce.

Como criar uma campanha no Google Ads?

A fim de tornar a experiência do usuário cada vez melhor, o Google Ads sempre passa por atualizações.

Com ele, você pode criar campanha por níveis e subníveis (grupos de anúncios e os anúncios propriamente ditos). Ainda mais, você vai decidir qual o seu objetivo principal, segmentar para o público ideal e configurar os detalhes do anúncios.

Também lembre-se de que é importante ter atenção para configurar o seu Google Analytics a fim de mensurar os resultados obtidos.

15 dicas para campanhas no Google Ads

1. Defina um objetivo

Primeiramente, não basta iniciar uma campanha pensamento apenas em “quero vender mais”. É preciso estabelecer uma quantidade, uma proporção, algo plausível para análise de desempenho.

Além disso, também é necessário saber em quanto tempo esse “aumento de vendas” deve ser alcançado, por exemplo, pois isso influencia diretamente no investimento financeiro a ser feito.

Nesse sentido, com um objetivo bem definido, você saberá o que precisa fazer, aproximadamente em quanto tempo será feito e quanto precisará investir.

2. Foque nos benefícios dos seus produtos

Para que as pessoas se interessem pela sua campanha, é preciso que ela seja muito objetiva e exponha o melhor do seu produto. 

Sendo assim, identifique precisamente o que seu produto ou serviço oferece, suas maiores qualidades e como eles podem ajudar seu público alvo.

3. Conheça seu público 

Para criar campanhas efetivas e realmente atingir seu público-alvo, é preciso conhecer muito bem as características do seu cliente ideal.

A fim de recolher boas informações, use ferramentas como o Google Analytics para te ajudar!

4. Saiba quem são seus concorrentes

Seu site pode ser muito bom e seu produto de excelente qualidade mas, mesmo assim, não conseguir os clientes que queria. Então, já pensou problema pode ser a concorrência?

Para solucionar isso, colete informações como:

  • quem são seus concorrentes no Google?
  • o que, como e quando anunciam?
  • onde se posicionam? 
  • os anúncios são sempre os mesmos ou mudam? 
  • onde fazem os anúncios?

5. Estabeleça uma estratégia

Talvez, para alcançar seus objetivos, você não precise aparecer em primeiro lugar para todas as buscas, ou fazer uma campanha por muito tempo. 

Então, estude quais são as melhores soluções para o seu objetivo e trace uma estratégia!

6. Comece a campanha

Organize sua campanha por tópicos, cada produto ou serviço pode ser melhor explorado com uma campanha específica. 

Além disso, aproveite os recursos de localização geográfica, idioma e tipo de anúncio para alcançar o público que realmente está interessado no que você oferece.

7. Evite palavras-chave duplicadas

O próprio Google desaconselha fazer campanhas diferentes focando na mesma palavra-chave, pois isso apenas fará seus anúncios concorrerem entre si.

8. Organize as palavras-chave em grupos menores

Trabalhar com um menor número de palavras-chave, mas mais específicas, dão muito mais resultado nas campanhas do que uma lista enorme e genérica de keywords.

9. Indique as palavras-chave negativas

O Google Ads permite que você adicione palavras-chave negativas na sua segmentação, ou seja, termos que devem ser excluídos dos resultados de busca na campanha em que seu negócio está veiculando. 

Assim, adicionando a lista de palavras negativas, seus recursos são otimizados, já que seus anúncios não serão exibidos para pessoas que buscam por esses termos ou acessam sites que os contenham.

10. Crie anúncios diferentes para cada fase do funil

É preciso criar anúncios diferentes para as pessoas que estão no topo, meio e fundo de funil, afinal, cada um está em uma fase diferente da jornada de compra.

Com uma comunicação personalizada, as pessoas serão atraídas de maneira mais qualificada.

11. Faça testes

Não utilize os mesmos criativos por muito tempo. Assim, faça testes com diferentes formatos que podem ser explorados como novidade para despertar mais a atenção do seu público.

12. Utilize suas palavras-chave no anúncio

As suas keywords usadas na segmentação foram escolhidas por algum motivo estratégico, não é mesmo? Portanto, veja quais delas podem ser inseridas não só no título dos anúncios, como também no conteúdo da descrição. 

Com esses termos, seu anúncio ganhará mais relevância, já que oferece (na segmentação e no texto) o que o público está procurando.

13. Direcione seus anúncios para a página certa

Mandar seus clientes apenas para a sua página inicial não é uma boa estratégia. Sendo assim, direcioná-los para as páginas específicas dos produtos nos quais clicaram nos anúncios irá trazer uma taxa de conversão bem melhor para o seu negócio.

14. Otimize seus lances com base na geolocalização do seu público

Seus anúncios podem ter uma variação de resultados de acordo com cada região em que são veiculados, pois cada lugar possui suas peculiaridades culturais e comportamentais, podendo impactar diretamente nas suas campanhas.

No Google Ads, existe a possibilidade de ajustar os lances de acordo com a geolocalização. Dessa forma, você poderá analisar os números com base nas suas estratégias e otimizar quais regiões merecem um aumento ou diminuição de lance.

15. Acompanhe seu desempenho

Por fim, você estudou, recolheu informações, estabeleceu objetivos e montou suas campanhas. Mas, não se esqueça de acompanhar e monitorar de perto o resultado de suas campanhas. Afinal, essas informações também o ajudarão a definir o melhor caminho a seguir.

E então, que tal começar uma campanha efetiva no Google Ads agora mesmo?

Para ter resultados ainda melhores, conte com a ajuda de profissionais especializados.

Para mais conteúdos como esse, continue acompanhando o nosso blog.

Sucesso!

Fechar Menu
Recebemos a sua mensagem. Em alguns minutos nossa equipe fará contato.
Modelo de Site First TI