Google Analytics: como conseguir mais informações dos usuários do seu site?

Divulgue esse Artigo

Atalhos para este artigo

O Google Analytics é uma poderosa ferramenta para saber mais informações sobre os usuários do seu site. Conheça mais sobre essa solução e saiba como utilizá-la para ter mais resultados com o seu website!

Se você ainda não sabe o que é Google Analytics, pode estar perdendo diversas oportunidades de negócios no mundo online por não entender a audiência do seu site.

Afinal de contas, se você não conhece o seu público, não é capaz de criar estratégias específicas para essas pessoas.

O Google Analytics é uma ferramenta gratuita de monitoramento de tráfego que pode ser instalada em qualquer site, loja virtual ou blog, muito importante e utilizada no marketing digital.

Vale ressaltar que o principal objetivo da ferramenta não é apenas saber quantos usuários acessam o seu site, e sim de que maneira esses usuários se comportam ao navegar pelas diversas páginas e seções deste site.

Para entender mais sobre o Google Analytics, continue a leitura deste post!

O que é Google Analytics?

O Google Analytics é o serviço oficial e gratuito de monitoramento de Marketing Digital do Google.

Essa ferramenta foi desenvolvida para coletar dados de acesso, comportamento e navegação em sites e aplicativos através de códigos de rastreamento e organizar essas informações em relatórios diversificados.

Além de disponibilizar poderosas análises de tráfego, o Google Analytics auxilia webmasters na otimização de páginas, na condução de testes e na tomada de decisões em negócios e estratégias de marketing.

Esse é o visual da sua página inicial:

google analytics

No menu à esquerda, você tem acesso:

  • Personalização: para criar e acessar relatórios ou alertas personalizados;
  • Tempo real: dados coletados em tempo real, como localização, origem do acesso, conversões e outras métricas;
  • Público-alvo: informações de tráfego e navegação, tais como número de sessões, visualizações, taxa de rejeição, entre diversas outras informações;
  • Aquisição: dados relacionados à aquisição de usuário por meio de campanhas (Google Ads), tráfego orgânico, redes sociais e outros;
  • Comportamento: relatórios de comportamento, por exemplo: número de sessões, tempo de permanência, além do desempenho de conteúdos e velocidade das páginas;
  • Conversões: relatórios de metas definidas pelo usuário, conversões em e-commerce e funis multicanal.

Por que o Google Analytics é importante?

O Google Analytics é considerado uma peça fundamental dos sites na internet, afinal, sem ele não temos informações detalhadas e precisas como precisamos.

Hoje em dia é possível encontrar uma vasta gama de soluções de monitoramento e análise de sites, aplicativos para gerar mapas de calor e até softwares open source que podem ser instalados no próprio servidor.

O Analytics desqualifica essas ferramentas, mas merece uma atenção especial, a começar pelo seu proprietário: quem melhor do que o Google para nos dar informações para otimizar a performance dos nossos conteúdos na internet?

Além disso, é uma solução gratuita — e que não deixa nada a desejar em relação às pagas. Sua interface é amigável, é facilmente integrado a outros produtos, ostenta uma grande capacidade de processamento de dados e oferece um conjunto repleto de funções, das mais básicas às mais complexas.

Ou seja, você só tem a ganhar com o Google Analytics!

A seguir, confira alguns dos principais benefícios da ferramenta que separamos para você.

Saiba a origem das visitas

Conhecer a origem dos visitantes do seu site é fundamental para otimizar suas campanhas ou direcionar a sua estratégia de Marketing de Conteúdo. Com tantas fontes de aquisição – como URL, anúncios, banners, backlinks, busca orgânica ou redes sociais – você precisa saber de onde o seu público está vindo, certo?

E não é só isso! O Google Analytics também nos informa o tipo de dispositivo utilizado pelos usuários, muitas vezes até o modelo, o que auxilia nas melhorias em navegação e design.

Conheça o perfil dos visitantes

Provavelmente você já ouviu falar sobre personas, não é mesmo?

Esses “personagens”, que são essenciais para as estratégias do seu negócio, são geralmente construídos por meio de dados e pesquisas internas, mas devem ser constantemente aprimorados.

O Google Analytics fornece informações que nos permitem conhecer melhor o perfil das pessoas que chegam ao nosso site — como os dados demográficos, por exemplo.

Além disso, é possível segmentar os usuários de acordo com idioma, idade, sexo e até seus interesses. Esses dados nos permitem descobrir se o nosso conteúdo está atraindo as pessoas certas e, se sim, conhecê-las melhor.

Descubra os canais que mais convertem

Em um primeiro momento, é interessante que as empresas explorem o máximo de canais para descobrir oportunidades e entender melhor a audiência.

No entanto, gradualmente devem ser priorizados aqueles que dão mais resultado para otimizar o investimento.

Tudo isso pode ser trabalhado no Google Analytics de uma forma bastante intuitiva, pois além de fornecer dados bastante detalhados sobre a audiência, a ferramenta disponibiliza mecanismos para testes A/B.

Identifique os conteúdos com melhor desempenho

Nos relatórios do Analytics também são listadas as páginas com melhor desempenho.

Assim, é possível descobrir quais são os conteúdos com melhor performance de acordo com o parâmetro de sua preferência (tráfego, permanência, conversão etc.).

Como instalar o Google Analytics?

O Google Analytics coleta dados do site por meio de um código javascript gerado exclusivamente para o usuário — garantindo que só ele e pessoas autorizadas tenham acesso.

Sendo assim , a instalação se resume a copiar esse código e inseri-lo no corpo do site.

Para quem usa WordPress, o procedimento é ainda mais simples. Basta utilizar um plugin, como o MonsterInsights ou Google Analyticator, e informar o seu ID, ou Código de Acompanhamento (UA), na configuração.

Para criar a sua conta, acesse https://analytics.google.com utilizando uma conta Google e siga as orientações recomendadas. Tanto o código javascript como o ID estarão disponíveis no fim do processo.

Quais as principais métricas do Google Analytics?

Visitantes

A definição de visitante é a mais fácil de se entender. Afinal, como o próprio nome diz, se refere literalmente a um usuário que acessa o seu site.

No entanto, vale lembrar que um Visitante pode visitar o seu site várias vezes dentro de um período, iniciar sua navegação por meio de diferentes canais (pesquisando no Google ou pelo Instagram, por exemplo) navegar por diferentes páginas e gastar mais ou menos tempo a cada uma destas interações.

Hits

Toda e qualquer interação de um visitante com um site, começa com um hit. Toda vez que um visitante acessar alguma página com o Código de Acompanhamento instalado, um novo hit é recebido pelo Google Analytics.

Este hit carrega informações como:

  • IP;
  • data e hora do hit;
  • versão do navegador;
  • nome da página e URL.

A cada nova página acessada ou durante sua navegação, um usuário pode gerar vários hits. Este conjunto de informações enviados por um mesmo Visitante são reunidos nos servidores do Google e agrupados em “Sessões”, que vamos conferir a seguir.

Sessão

Uma sessão pode ser explicada como um conjunto de hits gerados por um visitante ao navegar pelo seu site.

Quando o primeiro hit é gerado em uma página de destino, uma nova Sessão se inicia, e só acaba quando:

  • o visitante passa 30 minutos sem fazer nenhuma interação (nenhum novo hit);
  • quando passa de meia-noite;
  • o usuário clique em alguma UTM (vamos explicar melhor a seguir);
  • o usuário navega entre diferentes subdomínios dentro de um mesmo site.

Vale ressaltar que quando o usuário acessa apenas uma página, sem atualizá-la ou sem ativar nenhum evento, o Analytics não recebe nenhum novo hit.

Se nenhuma nova informação é enviada, a ferramenta não consegue medir o tempo que o usuário passou ali, por exemplo. Assim, depois de 30 minutos de inatividade, o Analytics entende que ocorreu uma rejeição.

O que é taxa de rejeição?

A taxa de rejeição é uma das métricas que mais confunde as pessoas.

Como o próprio nome nos leva a entender, uma “Rejeição” soa como um usuário que abandonou o site, rejeitando o seu conteúdo. No entanto, não é exatamente isso.

A taxa de rejeição não leva em consideração um determinado número de segundos que o usuário passou em seu site, mas sim, uma Sessão em que o usuário visitou apenas uma única página e saiu, sem interagir com nenhuma outra página.

LEIA TAMBÉM:
👉 O melhor caminho para gerar negócios online

Como funcionam as metas e conversões no Analytics?

Uma conversão acontece sempre que um visitante do seu site realiza uma ação desejada em seu website, como o preenchimento de um formulário, a conclusão de uma compra ou a exibição de alguma página específica.

Definição dos objetivos

O primeiro passo para começar a trabalhar com conversões é definir qual o seu objetivo de marketing e jornada do cliente dentro do seu site. Como acompanhar as finalizações do carrinho de compras, por exemplo.

É válido entender que, dependendo da jornada do cliente estabelecida para o seu negócio, nem sempre será possível registrar quantas vendas ocorreram pelo do site. Afinal, se o processo de compra se inicia no ambiente digital e termina offline, o Analytics não vai conseguir documentar todo o processo.

Como funcionam as metas no Google Analytics

As metas do Analytics são configuradas no nível de Vista de Propriedade.

Elas podem ser aplicadas a páginas ou telas específicas que seus usuários visitam, quantas páginas / telas visualizam em uma sessão, quanto tempo permanecem em seu site ou aplicativo e os eventos que acionam enquanto estão lá.

Cada meta pode ter um valor monetário, para que você possa ver quanto essa conversão vale para sua empresa. O uso de valores para metas permite que você se concentre nas conversões de valor mais alto, como transações com um valor mínimo de compra.

Quando um visitante realiza uma ação definida como meta, o Google Analytics registra isso como uma conversão.

Ainda existe um modelo de conversão específico para acompanhar os resultados em lojas virtuais. Assim, a ferramenta pode calcular as métricas de receita e de ROI das compras no seu site.

Para acompanhar estas transações, é preciso adicionar o código de acompanhamento de comércio eletrônico ao seu carrinho de compras.

Por ser um procedimento um pouco mais complexo, recomendamos contar com a ajuda de desenvolvedores específicos ou com o suporte da sua plataforma de ecommerce.

Se você chegou até aqui, pode-se dizer que você sabe muito sobre o Google Analytics. E todo esse conhecimento dos detalhes e recursos disponíveis na ferramenta vai te ajudar a fundamentar melhor suas decisões de marketing.

Se você quiser ajuda para criar análises ainda mais detalhadas sobre Marketing Digital, sugerimos que faça uma consultoria gratuita com a nossa equipe. Basta entrar em contato conosco!

Esse artigo foi escrito por...

Picture of Giovanni Ballarin

Giovanni Ballarin

Giovanni é co-fundador e CEO da Mestres do Site, atua no mercado de Marketing Digital há mais de 18 anos. Especialista em Tráfego Pago, Busca Orgânica e Inbound Marketing com certificação Google Ads e Gold Partner RD Station.
Picture of Giovanni Ballarin

Giovanni Ballarin

Giovanni é co-fundador e CEO da Mestres do Site, atua no mercado de Marketing Digital há mais de 18 anos. Especialista em Tráfego Pago, Busca Orgânica e Inbound Marketing com certificação Google Ads e Gold Partner RD Station.
Google Analytics,O que é taxa de rejeição?,Como funcionam as metas e conversões no Analytics?,Quais as principais métricas do Google Analytics?,google analytics para que serve,google analytics para iniciantes,google analytics é pago,google analytics como usar,Como instalar o Google Analytics?,Como funcionam as metas no Google Analytics

Download Grátis

Seu contato foi recebido com sucesso!

Em breve nossos consultores entrarão em contato.

Agora, aproveite para navegar em nosso site institucional e entenda por que somos os Mestres do Site.
pic-popup-well-done.png
Logo Google Partner
Rd Station Partner Gold

Somos Certificados Pelas Maiores Empresas de Marketing Digital