O que é e para que serve o Google Tag Manager?

Divulgue esse Artigo

Atalhos para este artigo

Você já ouviu falar em Google Tag Manager? Saiba tudo sobre a ferramenta que promete ajudar em produtividade e no monitoramento do seu site!

O Google Tag Manager é uma ferramenta normalmente conhecida por pessoas que já tem um conhecimento técnico mais avançado na área de marketing digital, e é simplesmente uma mão na roda para quem trabalha com campanhas de tráfego pago – seja Google Ads, Facebook Ads e outras.

Imagine que você está fazendo um trabalho de Google e Facebook Ads para dentro do seu site. Você vai querer saber o que está acontecendo, acompanhar os resultados e saber o que está dando certo, não é mesmo? Com o Google Tag Manager é possível.

Lançado em 2012, a ferramenta foi criada para facilitar a vida de quem precisa monitorar visitas, conversões e outras métricas de seus sites. Por isso, o GTM é essencial para mensurar os resultados do seu site e monitorar as conversões.

Quer entender melhor sobre o assunto? Continue a leitura deste artigo.

Como funciona o Google Tag Manager?

O Google Tag Manager foi desenvolvido para automatizar e gerenciar a inserção de tags de acompanhamento em um site. Dessa forma, é possível configurar vários pontos de monitoramento sem que isso gere um trabalho extra.

As tags são scripts adicionados no código do site, sempre com a função de acompanhar algum tipo de atividade dos visitantes. Muitas dessas tags podem ser, por exemplo, códigos de rastreamento de visitas do Google Analytics.

Dessa maneira, quando esse script é utilizado, você pode ter um controle das métricas de números de visitas no site e em páginas específicas dentro dele.

Basicamente, o Google Tag Manager é uma ferramenta que gera um script para inserir dentro do seu site. Ao inserir esse script no seu site, é possível fazer de tudo para monitorar o site.

LEIA TAMBÉM:
👉 Marketing digital para Indústria: o que funciona?

Entendendo o Tag Manager

Atualmente, o GTM é uma ferramenta muito robusta, dividida em 3 pilares: tags, regras e variáveis. Entenda cada pilar a seguir:

Tags

Em resumo, tags são os scripts que você inclui, por exemplo: tags de remarketing, tag de conversão do Ads, do Facebook, entre outras diversas tags HTML que podem ser adicionadas sem grandes dificuldades.

Regras

A Regra, ou Acionador (em inglês, trigger) serve para determinar quando uma tag específica será ativada. Pode-se escolher diferentes ações para que sejam a regra de ativação de uma tag, como:

  • um clique (imagem, link, botão etc);
  • o carregamento de uma página;
  • o envio de um formulário;
  • e de diversas outras formas.

Utilizar esse pilar com sabedoria é ter o poder do monitoramento, dados e métricas em suas mãos.

Variáveis

As variáveis estão disponíveis para serem manipuladas dentro de suas tags ou de suas regras.

Por exemplo, os monitoramentos para Google Analytics (pageview, ecommerce, eventos ou outros) precisam sempre da informação de qual é o seu código de propriedade (aquele código UA-12345678-9).

Para você não ter que decorar ou ficar procurando esse código toda vez que precisar dele, com o GTM é possível criar uma variável (por exemplo: código do Analytics) e dar a variável o código UA do seu Analytics.

Assim, a cada tag do Google Analytics que você precisar, você poderá usar a variável “código do Analytics” para identificar o seu UA para aquela tag.

Dessa forma, você terá mais velocidade e praticidade para ter os seus monitoramentos, tanto na criação das tags na ferramenta, quanto na ativação desses monitoramentos no site.

Vantagens do Google Tag Manager

O Google Tag Manager é muito vantajoso para duas perspectivas: produtividade e gerenciamento de scripts para sites.

A seguir, entenda porque você precisa começar a usar essa ferramenta agora mesmo!

Aumento de produtividade

A rotina do profissional de marketing já é muito corrida, seja com a parte estratégica, seja com as demandas operacionais.

Adicionar scripts nos sites é uma das tarefas desses profissionais, mas que pode ser bastante complexo se não tiver o suporte de uma ferramenta de desempenho. Nesse sentido, o Google Tag Manager se apresenta como uma solução de produtividade. Afinal de contas, ele otimiza essa demanda.

Para o time de marketing, ter que constantemente trabalhar no código do site pode ser uma tarefa extra que nem mesmo faz sentido. Repassar isso ao TI também não é a melhor ideia, já que o setor também tem muitas demandas.

Sendo assim, automatizando os comandos, o GTM desonera os dois setores e gera produtividade!

Acompanhamento de métricas variadas

Dados são uma base sólida para as empresas tomarem decisões e acompanharem seu desempenho diariamente. Quando falamos de Marketing Digital, isso não é diferente. Afinal, existe uma infinidade de números que podem e que precisam ser monitorados dentro da atividade de um usuário que visita determinado site.

Esse monitoramento auxilia a gerar ações de marketing mais precisas, conhecer melhor o público-alvo, entender o perfil de consumo e realizar mudanças estratégicas.

Atuação estratégica do marketing

Diante do planejamento e dos resultados, uma empresa terá diferentes abordagens em suas ações de marketing ao longo de determinados períodos.

As estratégias são normalmente definidas de acordo com o desempenho das vendas, com o engajamento do usuário e com as necessidades da empresa em melhorar esses e outros resultados.

Cada estratégia, entretanto, demanda diferentes tipos de monitoramento e acompanhamento. Nesse contexto, as tags vão servir de maneira personalizada para as empresas e para o que os times de marketing pretendem alcançar, considerando seus objetivos.

Mais do que tudo, o Google Tag Manager auxilia a gerenciar os scripts com base em uma estratégia de marketing sólida.

LEIA TAMBÉM:
👉 O que é taxa de rejeição e como melhorar essa métrica?

Ampliar as oportunidades nas ações

Em geral, o marketing está sempre de olho nas melhorias que pode fazer em seus canais internos, ou seja, onde recebe seus usuários em estratégias de inbound.

As alterações no site são uma possibilidade para torná-lo mais adequado ao que o público espera, sempre baseado em seus hábitos de consumo e, principalmente, na sua navegação.

Esse rastreamento do que o usuário faz dentro do site também gera uma base de dados que auxilia a entender, por exemplo, por quais produtos ele se interessou. A partir daí, é possível gerar ações externas.

Como criar conta no Google Tag Manager?

Para começar a utilizar o GTM não tem segredo. Assim como em qualquer outra plataforma e serviço do Google, é necessário, primeiramente, ter uma conta na plataforma. Se você já tem uma conta no Gmail, ela pode ser usada para começar a usar o serviço.

Acesse a página do Google Tag Manager, faça login com a mesma conta do Analytics e então comece a configuração, inserindo o nome da empresa. Depois disso, você personaliza o seu contêiner, que vai guardar todas as regras e tags que você utilizar no site.

Google Tag Manager,O que é e para que serve o Google Tag Manager?,Vantagens do Google Tag Manager,Como criar conta no Google Tag Manager?,google tag manager para que serve,google tag manager wordpress,google tag manager curso

Se na sua estratégia há mais de um site a ser gerenciado, é super importante criar mais que um contêiner, já que ele é utilizado para um site apenas. Essa prática vai facilitar até mesmo o seu trabalho posterior de monitoramento das tags e das métricas relacionadas a elas.

Google Tag Manager,O que é e para que serve o Google Tag Manager?,Vantagens do Google Tag Manager,Como criar conta no Google Tag Manager?,google tag manager para que serve,google tag manager wordpress,google tag manager curso

Após concluir esse processo, você vai se deparar com esta janela:

Google Tag Manager,O que é e para que serve o Google Tag Manager?,Vantagens do Google Tag Manager,Como criar conta no Google Tag Manager?,google tag manager para que serve,google tag manager wordpress,google tag manager curso

Esse é o código base do Google Tag Manager, você deve copiar e colar o conteúdo logo após a tag de abertura <body> do seu site.

Caso você não saiba como fazer isso e seu site seja WordPress, você pode utilizar o plugin DuracellTomi’s Google Tag Manager, que adiciona esse código sem que você tenha que modificar seus templates. Se ainda tiver dúvidas, peça ajuda ao departamento de TI!

O Google Tag Manager é basicamente uma ferramenta indispensável para os profissionais de marketing atualmente. Com ele, é possível melhorar a produtividade e ainda acompanhar diversas métricas em seu site.

Curtiu este conteúdo? Aproveite para conferir mais conteúdos como esse em nosso blog.

Esse artigo foi escrito por...

Picture of Giovanni Ballarin

Giovanni Ballarin

Giovanni é co-fundador e CEO da Mestres do Site, atua no mercado de Marketing Digital há mais de 18 anos. Especialista em Tráfego Pago, Busca Orgânica e Inbound Marketing com certificação Google Ads e Gold Partner RD Station.
Picture of Giovanni Ballarin

Giovanni Ballarin

Giovanni é co-fundador e CEO da Mestres do Site, atua no mercado de Marketing Digital há mais de 18 anos. Especialista em Tráfego Pago, Busca Orgânica e Inbound Marketing com certificação Google Ads e Gold Partner RD Station.
Google Tag Manager,O que é e para que serve o Google Tag Manager?,Vantagens do Google Tag Manager,Como criar conta no Google Tag Manager?,google tag manager para que serve,google tag manager wordpress,google tag manager curso

Download Grátis

Logo Google Partner
Rd Station Partner Gold

Somos Certificados Pelas Maiores Empresas de Marketing Digital