Tráfego pago ou tráfego orgânico: qual é melhor?

Tráfego pago ou tráfego orgânico

Tráfego pago ou tráfego orgânico: qual estratégia é melhor? A decisão de investir em uma estratégia de marketing digital focada em tráfego orgânico ou tráfego pago deve levar em consideração diversos aspectos. Saiba mais sobre eles!

O desejo de todo negócio é conquistar novos clientes e aumentar a sua receita. No entanto, para que isso aconteça, é preciso tornar a sua empresa conhecida. E para isso, você pode adotar estratégias de Marketing Digital.

Estar presente no ambiente digital é o passo inicial para começar a atrair clientes. Mas, nada disso adianta sem uma estratégia definida. Afinal, existem centenas de sites e blogs que oferecem conteúdos e informações semelhantes aos que você oferece, além de diversos negócios competindo com o seu.

Sendo assim, para que o seu negócio se destaque, algumas atitudes são necessárias, como as estratégias de tráfego pago ou tráfego orgânico.

Por falar nisso, a escolha entre esses dois tipos de tráfego é uma dúvida muito comum, e é sobre isso que vamos falar a seguir. Confira!

O que é tráfego orgânico?

A grande característica e vantagem do tráfego orgânico é não possuir um custo direto. As visitas desse tipo de tráfego chegam até você sem publicidade, por meio de pesquisas nos mecanismos de buscas, como o Google, por exemplo.

Ou seja, se a palavra digitada no buscador for uma palavra-chave utilizada pela sua empresa com a intenção de melhorar o ranqueamento de suas páginas, o seu negócio poderá aparecer entre os resultados exibidos.

Aliás, o Marketing de Conteúdo é excelente para melhorar a posição dos seus sites nos mecanismos de busca.

Para potencializar isso, é fundamental produzir os conteúdos com muita atenção às práticas de SEO. Ou seja, escolher bem as palavras-chave ligadas à área de atuação de seu negócio e que também sejam adequadas ao interesse e busca do seu público.

Essas estratégias poderão gerar resultados a médio e longo prazo, já que produzir conteúdo de qualidade demanda tempo e é essencial fazer com uma certa frequência para que o visitante possa ler outros conteúdos e avançar pelo funil de vendas.

Além disso, ganhar posições nos buscadores não é algo que acontece do dia para noite. É preciso ter paciência e consistência caso queira permanecer na posição alcançada.

O tráfego orgânico não envolve um custo direto. Afinal, você não paga diretamente pelos cliques das visitas. Mas, indiretamente, você precisa gastar para ter o site e o blog de sua empresa, contratar profissionais para produzir os conteúdos e ranqueá-los — entre outros gastos —.

O que é tráfego pago?

No tráfego pago, como o próprio nome já diz, é necessário pagar para que os visitantes cheguem até a página de sua empresa. Isso é feito através de anúncios que contém as palavras-chave escolhidas por você e, somente quando clicam nele, você precisa pagar.

Para manter a taxa do seu tráfego pago constante é preciso ter sempre anúncios ativos. Afinal, sem anúncios esse tipo de tráfego decairá.

E para crescer é importante que cada anúncio seja adequado às mídias nas quais serão divulgados.

O investimento em mídia paga pode impulsionar os conteúdos produzidos em seu blog ampliando o alcance desses materiais, divulgar o seu site, ofertar uma promoção, entre outras opções.

As ferramentas mais utilizadas no tráfego pago são o Google Ads e o Facebook Ads.

LEIA TAMBÉM:
👉 Como criar conta no Google Ads? O tutorial completo!

Tráfego pago ou o tráfego orgânico: qual é a melhor estratégia?

A melhor estratégia é aquela que combina o tráfego orgânico e o tráfego pago. Afinal, as duas apresentam vantagens.

É necessário pensar a longo prazo desde o início das atividades, pois o tráfego orgânico trará resultados a partir de determinado momento. Ao mesmo tempo, para fazer as vendas aumentarem, o tráfego pago pode alavancar a empresa já nas primeiras semanas.

Sendo assim, quando criamos um conjunto de estratégias que, se aplicadas da forma correta, complementam uma à outra.

Como melhorar o tráfego orgânico?

Para melhorar o tráfego orgânico, aposte nas estratégias de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização para os Mecanismos de Busca).

O objetivo do SEO é fazer com que o site alcance os requisitos para aparecer nos primeiros resultados de pesquisa. No entanto, como dito antes, este é um trabalho feito a longo prazo.

Como melhorar o tráfego pago?

O tráfego pago ignora as questões estruturais do seu site e te coloca entre os primeiros resultados. Mas, isso não quer dizer que você não precisa se preocupar com a estrutura do seu site.

Se um usuário entrar em seu site e não tiver uma boa experiência, ele sai e o orçamento daquele clique fica desperdiçado. Então, para melhorar o tráfego pago, é necessário:

  • Ter um site bonito e agradável;
  • Ter um design responsivo (adaptado para dispositivos móveis);
  • Melhorar a leitura e assimilação visual das páginas;
  • Possuir as melhores palavras-chave no Google Ads que correspondem a pesquisa;
  • Ser programado corretamente para o público-alvo dos anúncios.

Preciso de ajuda. O que eu faço?

Bateu um pânico em pensar em tudo isso? Calma, você não precisa fazer tudo sozinho! Na verdade, muitas empresas procuram ajuda profissional para obter bons resultados.

Para te ajudar a definir boas estratégias de marketing, que tal uma consultoria gratuita da nossa equipe? Entre em contato com a Mestres do Site e aproveite!

Download Grátis

[eBook] Como Ter Leads Qualificados (todos os dias)

Pare de trabalhar apenas o fundo do funil. Nade em mares ainda não explorados, gerando demanda para depois colhe-la.

Conheça e entenda o que tem por trás do funil de marketing e saiba como fazer um eficiente!

Foco em
Resultado

Reconhecimento é nossa
maior recompensa!

Seu contato foi recebido com sucesso!

Em breve nossos consultores entrarão em contato.

Agora, aproveite para navegar em nosso site institucional e entenda por que somos os Mestres do Site.
pic-popup-well-done.png