Busca orgânica X Busca paga: Como o SEO pode ajudar o seu negócio online?

busca orgânica busca paga

Você sabe a diferença entre busca orgânica e busca paga? Entenda tudo sobre o assunto a seguir!

Toda empresa que deseja se destacar no mercado e sair na frente da concorrência já ouviu falar sobre busca orgânica e busca paga.

Mas, por mais que o assunto seja simples e objetivo, ainda existem diversas dúvidas a respeito do tema e também sobre os verdadeiros benefícios que cada uma pode trazer para os negócios.

Então, vamos aprender mais sobre busca orgânica e busca paga?

O que é a busca orgânica?

A busca orgânica são as páginas e links que são exibidos “naturalmente” em um mecanismo de busca como o Google, por exemplo. Ou seja, aquelas páginas que você não investe para aparecer.

Para apresentar esses resultados aos usuários, os buscadores “cruzam” diversos atributos, como:

  • qualidade e originalidade do conteúdo
  • densidade de palavras-chaves
  • links externos e internos
  • imagens otimizadas
  • autoridade do domínio

Os fatores podem ir além desses, pois eles variam constantemente. Mas, no geral, esses são os mais conhecidos e utilizados.

As vantagens da busca orgânica

O principal motivo das empresas investirem na busca orgânica é justamente pelo retorno que essa ferramenta pode oferecer. Afinal, conseguir um bom posicionamento sem pagar nada por isso parece muito vantajoso, certo?

A seguir, vamos analisar os prós e contras da busca orgânica e entender se vale ou não a pena investir nessa estratégia.

Impulsiona os negócios

Este é o objetivo principal da busca orgânica: impulsionar os negócios de maneira geral.

Garantindo um bom posicionamento nos buscadores as chances da sua empresa ser encontrada são bem maiores e, dessa forma, as chances de novos negócios também serão maiores.

Gera resultados em longo prazo

Uma das maiores vantagens de estar bem posicionado na busca orgânica são os resultados que são gerados constantemente.

Um exemplo disso está na produção de conteúdos relevantes para um determinado público que com o tempo pode gerar contatos frequentes por um longo período.

Aumenta a autoridade da marca

Neste ponto temos uma vantagem além do financeiro e mais institucional e de branding. Obter bons resultados com a busca orgânica pode gerar certo “respeito” e admiração pela sua marca e o seu negócio só tem a ganhar com isso.

Problemas da busca orgânica

Tudo pareceu muito fácil e encantador até agora, não é mesmo?

No entanto, para conseguir uma boa posição nos motores de busca, é preciso ter conhecimento em SEO, se dedicar muito e ter paciência. Afinal, o SEO é uma estratégia de médio e longo prazo.

LEIA TAMBÉM:
👉Passo a passo para aparecer na primeira página do Google

O que é busca paga?

Você já viu os links patrocinados quando foi realizar uma busca, não é mesmo? Essa estratégia é conhecida como busca paga.

Os links patrocinados, como são mais conhecidos, funcionam pela escolha de palavras-chaves estrategicamente pensadas para serem condizentes com o que público-alvo da marca procura.

Como o próprio nome diz, é preciso investir um determinado valor nessa estratégia.

Os principais benefícios da busca paga

A seguir, confira os principais benefícios da busca paga:

Resultados rápidos

Este é o principal motivo para se investir na busca paga. Para quem deseja ter resultados rápidos, a estratégia de links patrocinados é uma ótima maneira de atrair pessoas e clientes interessados em seus produtos ou serviços.

Geração de tráfego qualificado

As pessoas que clicam nos seus anúncios normalmente já efetuaram uma busca específica e, se chegaram até você, é porque estão interessados na sua empresa ou no que você oferece.

Mais negócios

Com o tráfego mais constante em seu site, as chances de gerar novos negócios são absolutamente maiores. Sendo assim, a busca paga é uma excelente oportunidade para impulsionar um negócio rapidamente.

É muito caro investir em busca paga?

Essa é outra questão um tanto “polêmica” e que desperta certas dúvidas em quem decide investir em busca paga, como o Google Ads.

Você não precisa de um valor certo para investir na busca paga, e esse investimento pode variar muito de uma empresa para outra. 

Além disso, uma empresa pode ter um custo de mil reais mensais em links patrocinados, mas em contrapartida pode gerar um retorno de 10 mil. Por outro lado, o inverso também pode acontecer.

Para evitar que isso aconteça, conte com profissionais qualificados para te ajudar!

Por fim, podemos concluir que o investimento em busca orgânica e busca paga podem trazer benefícios para o seu negócio.

O ideal não é excluir nenhuma estratégia, mas sim trabalhar com as duas.

Para mais posts como esse, continue navegando no nosso blog e nos siga no Instagram!

Até a próxima!

Quem escreveu essa matéria?

Equipe de Marketing Digital da Mestres do Site

Todo o conteúdo que você lê nesse blog foi produzido pelo grupo de especialistas de Marketing Digital da Mestres do Site.

Essa equipe já atendeu mais de 1.000 clientes nos últimos 6 anos e atualmente gerencia mais de R$ 1.000.000,00/mês em campanhas de Google Ads e Facebook Ads.

Foco em
Resultado

Reconhecimento é nossa
maior recompensa!