5 conselhos para anunciar no Google Ads

conselhos para anunciar no Google Ads

Anunciou no Google Ads mas não teve resultados animadores? Confira 5 conselhos para anunciar no Google Ads e saiba em qual ponto você precisa melhorar!

Você pode até não ter muita noção sobre marketing digital, mas com certeza já ouviu falar da importância de investir no Google Ads e aparecer nas primeiras posições do Google.

Os anúncios pagos encurtam o caminho para aparecer entre os primeiros resultados nas buscas. No entanto, para ter bons resultados, é essencial entender como anunciar no Google Ads corretamente.

Se você já criou uma campanha no Google e teve resultados frustrantes — como baixa conversão — pode ser que os seus anúncios não estavam tão estruturados. Não se preocupe, existem algumas boas práticas que ajudam a encantar o seu público-alvo e melhorar a performance dos seus anúncios.

Quer saber quais são elas? A seguir, confira 5 conselhos para anunciar no Google Ads.

O que é o Google Ads?

Google Ads, antigo Google Adwords, é uma plataforma de publicidade do Google que possibilita a criação e o gerenciamento de anúncios não só para o buscador, mas também para uma grande rede de parceiros.

Na plataforma, você pode escolher a palavra-chave, a região onde deseja exibir os anúncios, o orçamento e o público-alvo com base nos interesses dos usuários.

Os anúncios no Google Ads, quando bem feitos, aumentam o alcance da marca com bastante precisão e torna os investimentos mais eficientes. Ou seja, trazem ótimos resultados!

LEIA TAMBÉM:
👉 O melhor caminho para gerar negócios online

5 conselhos para anunciar no Google Ads

Depois de entender o que é o Google Ads, é hora de ir ao que interessa, não é mesmo? A seguir, confira 5 ótimos conselhos para anunciar no Google Ads e ter resultados incríveis!

1. Entenda as métricas a serem monitoradas

Saber como anunciar é muito importante, mas para fazer com que os seus objetivos sejam atingidos, é indispensável entender as principais métricas a serem analisadas.

Existem diferentes maneiras de fazer anúncio no Google: rede de display, rede de pesquisa, shopping, vídeo, app, local smart e discovery. Elas se diferem em formatos, padrões e locais que vão exibir os anúncios.

Entretanto, o que esses modelos de anúncios do Google Ads têm em comum são algumas métricas fundamentais a serem acompanhadas:

CTR (taxa de cliques)

O CTR te ajuda a descobrir o número de cliques que o seu anúncio, ou grupo de anúncios ou campanha, recebeu durante o período que você está analisando.

Para conseguir calculá-lo você deve fazer a simples conta: número de cliques / quantidade de impressões.

Acompanhar essa métrica é importante pois mostra se o seu anúncio é atraente ou relevante para o seu público-alvo, sua persona ou para a palavra-chave selecionada.

CPC (custo por clique) Médio

O custo por clique é um valor que o anunciante paga para cada clique que é feito no anúncio. Esse preço pode variar de acordo com o grau de concorrência da palavra-chave escolhida — quanto maior, mais cara fica — e com o índice de qualidade.

Monitorar o CPC médio auxilia a compreender quantos cliques o seu orçamento diário está apto a receber — sem que ele extrapole o valor.

CPA (custo por conversão)

Como o nome já diz, essa é a métrica que vai indicar o quanto você está pagando para cada conversão que é feita no anúncio.

Vale lembrar que conversão é o que você definiu dentro da estratégia de marketing para o grupo de anúncio, ou seja, pode ser um lead, uma venda, uma ligação etc. Conversão não é uma venda necessariamente.

Taxa de conversão

Essa métrica mostra a frequência em que uma ação realizada no seu anúncio vira, de fato, uma conversão.

Para calculá-la, basta fazer a conta:  número de conversões / número de cliques.

2. Utilize a palavra-chave no título do anúncio

A palavra-chave é essencial em toda estratégia de marketing de conteúdo. Sendo assim, ela também é fundamental para que o seu anúncio tenha um bom desempenho.

É por meio da palavra-chave que o seu site é encontrado nas páginas do Google, e o mesmo raciocínio é válido para os seus anúncios. 

Se você quer ter as suas campanhas divulgadas e aparecendo na página do Google, você precisa relacioná-las com um grupo de palavras-chaves adequado. Essa é a base para conseguir direcionar os seus anúncios.

Vale lembrar que o próprio Google tem uma ferramenta que te ajuda a analisar as palavras-chaves mais estratégias para os seus anúncios: o Keyword Planner.

3. Capriche na copy dos seus anúncios no Google Ads

A descrição dos anúncios do Google Ads é um local que precisa da sua atenção. A estratégia de copywriting é feita por conteúdos que considerem o cliente, convidando para uma tomada de ação.

Nos anúncios normais, os espaços para texto são formados pelo Título 1, 2 e 3 — sendo até 30 caracteres por título — e pela descrição 1 e 2 — até 90 caracteres. Já nos anúncios responsivos, são 15 caracteres por título e 4 para descrições.

É nesse espaço de conteúdo que você precisa convencer o público sobre o poder da sua marca e ofertar seu produto ou serviço. Para isso, o texto tem que  ser curto e objetivo.

4. Saiba para onde direcionar o seu público

Você pensou no seu conteúdo, colocou a palavra-chave no título, mas direcionou o seu anúncio para a página errada…

Imagina a decepção das pessoas que clicaram no seu anúncio procurando por um produto e encontraram outro?

Essa sensação pode trazer muitos prejuízos, afetando todas as suas métricas e os objetivos de marketing com os anúncios.

Para evitar que isso aconteça, tenha uma atenção especial na hora de fazer o seu anúncio e linkar para a página de destino. Você precisa escolher a melhor opção para direcionar o seu público.

5. Monitore o ROI da campanha

Além das métricas que falamos nos tópicos anteriores, outra forma de garantir que os seus anúncios tenham bons resultados é analisando o Retorno sobre o investimento — o famoso ROI.

Uma das vantagens de anunciar no Google Ads é conseguir acompanhar esses dados com facilidade. Para identificar o ROI, basta analisar o número de conversões e o custo por cliques (CPC). O valor de cada conversão precisa ser maior do que o valor gasto para conquistá-la. 

Ou seja, se você gastou R$ 10,00 em cliques para fazer uma venda de R$ 15,00, significa que houve um ROI de R$ 5,00.

E então, que tal colocar esses conselhos em prática? Conte com a Mestres do Site para te ajudar!

Quem escreveu essa matéria?

Equipe de Marketing Digital da Mestres do Site

Todo o conteúdo que você lê nesse blog foi produzido pelo grupo de especialistas de Marketing Digital da Mestres do Site.

Essa equipe já atendeu mais de 1.000 clientes nos últimos 6 anos e atualmente gerencia mais de R$ 1.000.000,00/mês em campanhas de Google Ads e Facebook Ads.

Foco em
Resultado

Reconhecimento é nossa
maior recompensa!