O que é métrica de vaidade?

Divulgue esse Artigo

Atalhos para este artigo

Você já deve saber sobre a importância de medir seus esforços no marketing digital.

Aliás, existem diversos números e indicadores que podem confundir até mesmo experientes profissionais.

O perigo de nos prendermos em métricas de vaidade é não prestar atenção naquelas que realmente importam para compreender o sucesso de nossas ações.

Vamos, neste post, apresentar melhor quais são estas métricas, porque são chamadas de métricas de vaidade, e como evitar cair na ilusão de acompanhá-las, além, claro, quais métricas devem receber mais atenção.

Leia a seguir!

O que são métricas de vaidade?

Basicamente, métricas de vaidade poderiam ser descritas como toda informação coletada e acompanhada por profissionais que, na verdade, não ajudam a tomar decisão nenhuma.

Isso não quer dizer que você deva ignorar esses números, mas apenas que não são as que ditarão a saúde do seu negócio, em uma visão geral.

Quais são as métricas de vaidade?

Como dissemos, métricas de vaidade são todas aquelas que não te ajudam a tomar decisões de negócios mais firmada.

Sendo assim, todo dado que não influencie uma mudança, pode ser considerado uma métrica de vaidade até certo ponto.

É claro que algumas métricas de vaidade tem sim seu valor. No entanto, elas simplesmente não merecem tanta atenção quanto outras, não precisam ser consideradas KPI’s de um projeto.

Veja algumas delas:

1. Curtidas, coraçõezinhos e outros

Quando questionamos “como vai indo suas campanhas no Facebook?”, ainda é muito normal ouvir a resposta “vai indo muito bem! Conseguimos X likes”.

Legal. Mas o que você faz com essa informação?

A pessoa pode ter dado like por ter gostado do título, ou da imagem. Não tem muito como saber! Ou seja, não há informação suficiente que conduza a tomada de decisão.

2. Downloads de apps

Para quem ainda está criando o app ou lançou ele há pouco tempo no mercado, o número de downloads é, com certeza, muito importante. Mas no longo prazo, é melhor ter cuidado.

O download de apps gera um custo transacional para empresas e muitas vezes a taxa de desinstalação está acabando com esse número.

Mensure a citada taxa de desinstalações, downloads x cadastros (usuários) e, claro, usuários pagantes do seu app.

3. Cliques

Essa é outra métrica que constantemente pode soar interessante e rica, mas pode se tornar mera vaidade.

A taxa de cliques é relevante para saber se você está conseguindo levar pessoas ao seu site, blog,anúncio, ou o que quer que seja. Mas, se você não tiver seu objetivo muito bem definido por trás da métrica, é um número vazio.

Ter muitos cliques, mas uma baixíssima taxa de conversão ou tempo de permanência na página, não é um bom sinal. É importante analisar para qual página você está levando o visitante, e se ela está alinhada com a expectativa da chamada.

Veja também👉 Como criar uma Landing Page que converte?

4. Compartilhamentos

Sim, é claro que se muitas pessoas compartilham seu conteúdo, significa que algo deu certo!

No entanto, o número de compartilhamentos não diz nada muito preciso quanto ao sucesso da sua estratégia.

O compartilhamento dos seus conteúdos por auxiliar a levar mais tráfego para o site, mas, uma vez conquistado esse tráfego,é necessário captar a atenção do leitor e movê-lo em seu funil de vendas, entregando conteúdo relevante, para assim entender realmente a efetividade do desempenho de sua gestão de redes sociais.

5. Taxa de Rejeição

Não se assuste com o nome. Não é para deixar de acompanhar ou se preocupar com a taxa de rejeição de seu blog ou site!

Como dissemos, essas métricas não devem ser ignoradas, mas sim compreendidas sobre qual espaço ocupam em sua estratégia e, especialmente, qual é o seu objetivo final além delas.

A taxa de rejeição significa quanto usuários abandonam sua página antes de cumprir certos requisitos do Google, para que ela não seja considerada como rejeitada pelo usuário.

Além de tempo em cada uma, se o usuário não interage com nenhum dos links listados, ela pode ser considerada como rejeição também.

6. Seguidores

Em qualquer rede social, seja Facebook, Tiktok ou Instagram, o número de pessoas que acompanham a página quer dizer algo próximo de nada, quando falamos sobre métrica de negócios.

É claro que ter muitos seguidores ou fãs nas redes sociais é importante, mas não está diretamente relacionado ao sucesso da sua empresa.

Essas redes possuem métricas mais interessantes de serem acompanhadas.

7. Visualizações da página

Por si só, esta é uma métrica de vaidade pois não diz nada a respeito da evolução do site ou blog.

Ao contrário de visitantes únicos, esse dado do Analytics pode facilmente estar incorreto ou mesmo assim não existem muitas decisões a serem tomadas a partir do seu número.

Existem outras métricas de vaidade que poderíamos falar neste post, mas basta sempre considerar a regra: Se não te ajuda a tomar decisão de negócios, talvez não seja a principal métrica que você deva acompanhar!

Métricas importantes no marketing digital

Agora que já sabe sobre métricas de vaidade, deve estar se perguntando o que acompanhar para medir o crescimento do seu negócio?

Cada vez mais profissionais de marketing têm a função de provar o retorno de suas campanhas de acordo com o investimento realizado.

E para um bom cálculo de ROI, existem algumas métricas que você deve acompanhar, de acordo com o objetivo definido de suas campanhas. Confira algumas delas!

1. Taxa de Conversão de Campanhas

Vamos supor que você fez uma campanha no Google Ads e precisa comprovar o ROI dela.

Digamos que você está atraindo muito tráfego e recebendo muitos cliques. Mas desse tráfego pago, quanto realmente converte?

E lembre-se que “conversão” é o objetivo que você definiu anteriormente. Seja a venda final, seja um pedido de contato com vendas ou um download.

O que é métrica de vaidade
O que é métrica de vaidade

2. Conversões ao longo do funil

A partir do momento que você conquista um novo inscrito em newsletter ou uma nova lead que baixou um material rico e deixou informações valiosas, ele está no seu funil de vendas.

Neste momento, é necessário reconhecer em qual estágio ele está, e ofertar mais conteúdo que o avance no funil.

Para identificar em qual etapa ele está, é interessante utilizar conteúdos que estejam atrás de landing pages que peçam informações cada vez mais detalhadas, conforme a etapa do funil que o material esteja relacionado.

3. LTV

Do inglês “Lifetime Value”, essa métrica é essencial, pois define o quanto um cliente vale para você, de verdade.

Resumidamente, essa é a métrica utilizada para calcular o lucro líquido que cada cliente gera para a empresa, assim como o quanto os clientes gastaram.

Por exemplo: se um lead fez uma compra de R$ 1000,00 e meses depois voltou e repetiu a aquisição, e continua assim por meses e até anos. Ou seja, é muito mais fácil vender para este cliente, pois ele já conhece e confia no seu negócio.

Isso quer dizer que clientes retornando e repetindo a compra geram mais lucro para empresa e menor custo com lead, e assim sendo, um maior LTV.

Veja também👉 LTV: o que é, como calcular e aumentar

4. CAC

Outro número bastante conhecido é o Custo de Aquisição por Cliente, também chamado de CAC, é uma métrica chave para negócios que querem manter-se em crescimento saudável.

É, resumidamente, quanto custa um cliente para você, e para que você obtenha um ROI verdadeiro, vai precisar ter seu CAC x LTV na ponta do lápis.

5. Número de Visitantes

Ao contrário das visualizações da página, essa métrica revela quantas pessoas visitaram o site, independente de quantas vezes ela o fez.

São novos visitantes que foram somados à audiência do seu blog, e não visitas retornantes.

Uma página pode ter 1 visitante que realizou 8 visitas, por exemplo.

É um dado relevante pois mostra que você está conseguindo manter sua audiência renovada e seu funil movimentado, o que te deixa mais perto de ter alguma previsibilidade.

É fundamental saber que as métricas de vaidade não são totalmente dispensáveis e precisam ser observadas também, desde que com a consciência de que não serão responsáveis por comprovar e justificar recursos alocados em campanhas de marketing digital.

Para entender mais sobre o marketing digital, basta clicar aqui e baixar o nosso Manual do Marketing Digital.

Esse artigo foi escrito por...

Picture of Marcos Roberto

Marcos Roberto

Marcos Roberto - 7 Anos de experiência no mundo de vendas. Apaixonado por Marketing Digital. Especializado em criação de conteúdo Tráfego pago tráfego orgânico Inbound Marketing Focado em resultados!
Picture of Marcos Roberto

Marcos Roberto

Marcos Roberto - 7 Anos de experiência no mundo de vendas. Apaixonado por Marketing Digital. Especializado em criação de conteúdo Tráfego pago tráfego orgânico Inbound Marketing Focado em resultados!
O que é métrica de vaidade?

Download Grátis

Logo Google Partner
Rd Station Partner Gold

Somos Certificados Pelas Maiores Empresas de Marketing Digital